Hard Roses Forum
Seja bem vindo ao novo Hard Roses. Aproveite ao máximo!

Leia as regras em primeiro lugar e apresente-se no chat para interagir com os outros membros.

Lembre-se, seu agradecimento é o nosso pagamento.
Enjoy it, rockers!

Axl Rose concede entrevista nos Emirados Árabes

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Axl Rose concede entrevista nos Emirados Árabes

Mensagem por André em Qui Fev 03, 2011 10:01 am

Algumas horas antes de se apresentar na yas Arena, nos Emirados Árabes Unidos, no último dia 16/12, Axl Rose concedeu uma entrevista ao Gulf News. Confira a matéria abaixo, com vídeo:

Trecho da entrevista com vídeo (legendado):



Uma rosa ainda é uma rosa

Ele é engraçado, ele é educado e ele é gentil. O lendário rockstar e notoriamente não apreciador da mídia Axl Rose em um exclusivo bate-papo com Tabliod! revela porque a banda resistiu ao tempo.

Quando Axl Rose e seus garotos entraram no palco na Quinta a noite em Abu Dhabi, você já podia ver que a cidade ia bombar. O que você não poderia saber, é que alguns minuots antes de iniciar o show, o lendário rockstar Axl Rose estava bebendo um chá enquanto conversava com o Tabliod!

"É melhor nós irmos lá pra fora antes que derrubem a casa" disse Rose balançando a cabeça ao ouvir a platéia insandecida do lado de fora.

"Eu culparei você. Você sabe disso.", completou quando a banda toda entrou aos risos e se direcionou ao show.

De acordo com seu empresário, Doc Mcghee, Rose não dá uma entrevista há 14 anos.

"Eu não sei o que você fez, mas fez alguo certo", disse, surpreso ao saber que o vocalista ruivo estava disposto a falar.

Desprezo à midia

O rockstar americano tem notoriamnete desprezado a midia desde a implosão da banda original - os fazedores de hits como Sweet Child O' Mine e Paradise City. Rose até escreveu a música "Get in the Ring" sobre seu desgosto em relação a midia e todas as mentiras que ele diz terem sido publicadas sobre ele durante os anos.

Mas essa semana ele foi diferente e educadamente pediu um tipo de chá para um membro de sua equipe, se sentou na cadeira e preparou-se para as perguntas.

Como toda boa história, teve um pouco de drama. Essa entrevista quase não ocorreu porque quando o Tabliod! soube que Rose estava na cidade, também fez-se claro, inicialmente, que não haveria nenhuma conversa (como tem sido há 14 anos)

Você pode contudo, entender porque uma busca desesperada ao redor da Ilha Yas ocorreu quando "aquela" ligação chegou dizendo que a resposta era "sim".

"Tem muitas pessoas fodas lá fora", disse Rose parecendo quase nervoso. "Oops, é ruim dizer isso??" adicionou rapidamente antes de mudar de assunto.

"Eu já toquei no Oriente Médio antes", continuou Rose sem mais delongas. "Foi para mais ou menos 50 mil pessoas. Foi insano. Tenho tentado tocar aqui de novo desde então, e hoje a noite vai ser demais. Um monte de bazucas e bombas. Estamos excitados e vamos botar pra quebrar.", disse em frente ao local lotado, o ultimo show do Flash Entertainment na Arena Yas.

Orgulho

"Para mim uma das coisas mais legais é que eu não tenho que mandar em ninguém da banda. Hey, faça isso, faça aquilo, você sabe. Porque eles estão animados. Todos acumulam um pouco de orgulho naquilo que fazem. Além do mais, todos se cobram. Todos vão lá pra fora e tentam dar tudo que podem. E nós ficamos lá algumas horas mais, você sabe, até sentirmos que a platéia está feliz. Ou até sentirmos que fizemos um bom trabalho. É como ir pra academias ou algo do tipo, você sabe, você não sai até não sentir que deve sair".

Tem-se uma pequena pausa até que os outros quatro integrantes entrem rindo, "é dificil ir até a academia, Rose raramente deixa". "Sim, e eles não me deixam fumar na esteira", adiciona Dj Ashba ainda rindo.
América, Ásia seguidas de mais de 40 concertos pela Europa, o Guns N' Roses foi até a Russia, mostrando a variedade de seu público, que nunca deixa de surpreender-se com eles.

"Eu acho que tem muito a ver com o material do passado e muito mais ainda a ver com o sentimento que foi colocado nele", disse Rose com seus dedos cobertos pelos gigante anéis que usava.

Coração

"Mas se nós não estivessemos pondo sentimento nisso agora, os fãs não deixariam eu me safar dessa. Nós temos que viver animados com algo, temos que trabalhar duro porque você está vivendo para ser uma lenda ou um mito ou tanto faz", disse, ensando profundamente. "É mais pressão quando você está tocando pra se tornar um mito".

O Guns N' Roses foi formado em 1985, um tempo em que Rose insiste em pensar que era diferente no que se diz a restrições relacionadas a performances.

"Nos clubes, hoje em dia, assim como 88 e 89, você pode cair do palco e está tudo OK. Então, parece que hoje outras bandas podem fazer isso, mas eu não. Eu estaria fazendo tudo que posso para não sair do palco. Eu sempro vejo esse filme no palco. O brilho desse filme negro que me leva ao limite. Eu lembro quando isso não aconteceu no LA Coliseum quando abrimos pros Stones. Quando as luzes se apagaram, foi o fim."

Platéia multi-cultural

Parando para ouvir os fãs, Rose disse que está ansioso para tocar pra uma platéiamulti-cultural.

"Os diversos aspectos dos públicos é de fato o aspecto mais interessante para mim, porque eu penso que isso mostra porque o Guns N' Roses resistiu ao tempo" disse, ainda com um ouvido nos fãs.

"Atravessa generos, religiões, você sabe. É uma música que as pessoas se ligam. Tem-se uma platéia tão diversa se divertindo tanto"

Olhando pelas escuras lentes de seus óculos, Rose esboçou um sorriso. "Nós ultrapassamos alguns limites, com certeza", ele disse. "E continuaremos a fazer isso"

Fonte: Guns N' Roses Brasil
avatar
André
Admin

Mensagens : 414
Idade : 22
Localização : Rio De Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum